ABB e cidade de Davos abrem caminho para a mobilidade sustentável por meio da inovação dos veículos elétricos

 Em Davos, cidade-sede da reunião anual do Fórum Econômico Mundial (WEF), a carga rápida para os veículos elétricos está se tornando parte integrante do ecossistema de transporte.

Para o Fórum Econômico Mundial deste ano (de 23 a 26 de janeiro de 2018), a cidade de Davos e a ABB se uniram em uma parceria de longo prazo com o intuito de oferecer infraestrutura elétrica para o transporte público e privado.

Os residentes de Davos e os convidados do WEF podem experimentar o pioneirismo do ônibus TOSA. O premiado ônibus TOSA (sigla para Sistema de Alimentação Otimizado para Trólebus), desenvolvido pela ABB na Suíça, já está em uso em Genebra e será implantado em breve na cidade francesa de Nantes. Sua bateria pode ser recarregada em apenas 20 segundos, durante o embarque e desembarque de passageiros. Em Davos, o ônibus irá operar na movimentada Linha 1, no percurso entre o centro turístico e o hospital. Esta é a primeira vez que a tecnologia TOSA é utilizada em uma região alpina. A ideia é fazer com que o sistema opere sob as extremas condições meteorológicas de inverno; a ABB e seus parceiros de projeto esperam obter valiosas percepções a partir desse projeto piloto. 

Além disso, os carros elétricos que estiverem transportando os participantes em Davos poderão recarregar suas baterias nas oito estações de recarga rápida da ABB recém-instaladas.

Juntos, o ônibus TOSA e as estações de recarga proporcionam uma poderosa demonstração na vida real das tecnologias de ponta em matéria de transporte sustentável, que estão testemunhando um aumento na implantação em todo o mundo à medida que a mobilidade elétrica se torna a força motriz que traz a eficiência energética com baixo impacto ambiental aos automóveis, ônibus, trens, navios e teleféricos.

“A mudança para veículos elétricos não é mais uma questão de se, mas sim de quando e com que rapidez”, disse o CEO da ABB, Ulrich Spiesshofer. “Os VEs estão se tornando cada vez mais atraentes para os motoristas. Além de serem ecologicamente responsáveis, se tornarão mais baratos tanto para comprar como para manter”.

A ABB é líder em tecnologia para produtos e sistemas de carga rápida que estão transformando o transporte de formas globalmente sustentáveis. O transporte sustentável desempenha um papel crucial na luta contra a mudança climática, pois a mobilidade eletrônica começa a substituir os veículos movidos a combustíveis fósseis que emitem gases de efeito estufa e contribuem para o aquecimento global.

Carga rápida na reunião do Fórum Econômico Mundial

No que se refere aos carros elétricos, a ABB já é líder mundial em carga rápida, com mais de 6.000 estações instaladas em mais de 50 países. Em Davos, os líderes mundiais poderão ver as oito estações de carga Terra 53 da ABB recentemente instaladas em ação. A Terra 53 da ABB é a estação de carga de 50 kW DC mais vendida na Europa e na América do Norte, compatível com os padrões de carga CCS, CHAdeMO e 43 kW CA simultânea.

Em termos de transportes públicos, o ônibus TOSA totalmente elétrico de Davos se encontra na vanguarda da inovação do transporte sustentável. O TOSA recebeu o prestigiado prêmio Watt d’Or 2018 na categoria mobilidade energeticamente eficiente da Secretaria Federal de Energia Suíça. A tecnologia TOSA foi desenvolvida juntamente com a Suíça e a ABB em parceria com a Transportes Públicos de Genebra (tpg), o Gabinete para a Promoção da Indústria e Tecnologia (OPI), os Serviços Industriais de Genebra (SIG) e o fabricante de ônibus Carrosserie HESS.

A tecnologia TOSA em uso em Davos é a mesma que vem alimentando os ônibus da linha 23 que percorrem a rota do aeroporto em Genebra. Esses ônibus utilizam contatos aéreos que se conectam em paradas selecionadas ao longo de seus percursos para reabastecer suas baterias em menos de 20 segundos, realizando a recarga durante o embarque e desembarque dos passageiros. O sistema ecológico de Genebra, poderia, em última instância, cortar as emissões de dióxido de carbono em 1.000 toneladas anualmente.

Mas as soluções sustentáveis de transporte da ABB não se limitam aos ônibus e carros convencionais.

A ABB fornece ao setor ferroviário tecnologias inovadoras e energeticamente eficientes, como o transformador e o conversor de tração, feitos principalmente na Suíça. Um exemplo é a Ferrovia Rhaetian que faz o percurso entre Landquart e Davos.

No mundo das corridas, por meio da recentemente anunciada parceria com a organização de corridas de carros elétricos da Fórmula E, a ABB ajudará a refinar o design e a funcionalidade de veículos elétricos e a infraestrutura, bem como as plataformas digitais associadas.

A ABB também está possibilitando a mobilidade eletrônica em navios petroleiros, cargueiros e de passageiros oceânicos. Nesses navios, os sistemas de propulsão Azipod da ABB movem as embarcações com hélices de propulsão elétrica direcionáveis de alta eficiência, que tornam os navios significativamente mais manobráveis e podem reduzir a necessidade de combustíveis fósseis a bordo em 40 por cento ou mais.

A ABB também está levando a mobilidade eletrônica a novas alturas com os teleféricos. Os motores da ABB alimentam o funicular mais íngreme do mundo, inaugurado na cidade de Stoos, nos Alpes suíços, em dezembro de 2017. Os motores da ABB, que fornecem uma saída total de 2,3 megawatts, permitem que o funicular transporte até 1.500 pessoas por hora em cada direção, ao longo de sua rota de 1,7 quilômetro. A ABB também forneceu motores e acionadores de última geração a um sistema de gôndolas recém-aberto e que bateu o recorde ao transportar 580 passageiros por hora para o Zugspitze, o pico mais alto da Alemanha.

Share this article

Facebook LinkedIn Twitter