Portugal - Portuguese

O site da ABB utiliza cookies. Ficando aqui , está a concordar com a nossa utilização de cookies. Ler mais

Resultados do Grupo ABB em 2017(terceiro trimestre)

Resumo dos resultados

ABB: Crescimento contínuo 

Os pedidos no terceiro trimestre de 2017 cresceram 5% em relação ao mesmo período do ano passado, refletindo o nosso forte crescimento em todos os negócios e regiões. Os pedidos base (inferiores a 15 milhões de dólares) cresceram 6%, enquanto as maiores encomendas caíram uns 5%, refletindo a mudança no modelo de negócios da ABB.

A facturação aumentou uns 3% melhorando na Electrification Products, Industrial Automation e Robotics and Motion, tendo a Power Grids sofrido uma queda ligeira.

O EBITA operacional foi de 1,124 milhões de dólares, um aumento de 3% e sua margem melhorou nas divisões Industrial Automation e Power Grids (com quedas ligeiras na Electrification Products e Robotics and Motion).

O lucro líquido cresceu em três milhões de dólares, suportado pelo bom desempenho nas operações, embora tenha tido um abrandamento pelos custos associados à reestruturação, aquisições e certos elementos não operacionais.

A transição no modelo de negócios da ABB, bem como as recentes mudanças no portefólio (aquisição da B&R e a alienação do negócio dos cabos) tiveram um impacto positivo em quase todos os indicadores financeiros da empresa (por exemplo, contribuíram com 3% no total das entrada de pedidos). 2017 continua a ser um ano de transição para a ABB.

A nível macroeconómico, as tensões geopolíticas em diferentes partes do mundo refletem-se num crescimento mais modesto do mercado. Os resultados de curto prazo da empresa são ainda influenciados pelo preço do petróleo e taxas de câmbio. A longo prazo, os três principais setores onde os nossos clientes operam (serviços públicos, indústria, transportes e infraestrutura) estão cada vez mais focados na eletrificação e na quarta revolução industrial; oportunidades em que a ABB está muito bem posicionada graças à nossa forte presença no mercado, implantação geográfica global, liderança tecnológica e capacidade financeira.