Global site

O site da ABB utiliza cookies. Ao permanecer nesta página, você concordo com a utilização de cookies. Saiba mais

A água que vai pelo ralo!

Perdas e vazamentos de água: um dos grandes desafios do setor de água e saneamento

 

 

Por Rodrigo Teixeira - Gerente do segmento de água e saneamento da ABB Motion Brasil

As perdas e vazamentos fazem parte de qualquer sistema de água e saneamento. É um tema desafiador e que tem grande importância, principalmente quando falamos de um recurso finito ou quando estamos frente a cenários de escassez hídrica e mesmo de altos custos de energia elétrica. Não se trata apenas de desperdício de recursos naturais, mas também de recursos operacionais e receita, tanto para as Companhias de água, quanto para a sociedade em geral, que acabam recebendo o repasse destes custos.

Segundo um estudo do Instituto Trata Brasil em parceria com Water.org, e do SNIS - Sistema Nacional de Informações Sobre Saneamento - em 2015, 36,7% da água potável produzida no país foi perdida durante a distribuição, já em 2018 o índice atingiu 38,5% e ainda subiu para 39,2% em 2019. Ou seja, a cada 100 litros de água captada da natureza e tratada para ser consumida, quase 40 litros vão embora pelo ralo, seja por vazamento nas redes, fraudes, ‘gatos’, entre outros.

Diante deste dado, é necessário buscar mitigar as perdas e os vazamentos de água e implementar soluções que de fato podem ajudar a resolver este inimigo.

Regular a vazão da água é uma das soluções para combater o desperdício de água

A ABB conta com soluções dedicadas ao segmento de água e saneamento e uma delas é o inversor de frequência ACQ580, que garante a vazão segura da água durante o bombeamento e é indicado para companhias de tratamento de água e esgoto, usinas de dessalinização e ambientes de irrigação, além de todas as aplicações industriais de bomba.

 

Utilizando os inversores ACQ580 é possível medir e controlar a vazão e as pressões mínimas e máximas da bomba, evitando possíveis vazamentos no sistema de distribuição e entregando exatamente a vazão necessária e ajustada à máxima eficiência de seus processos.

Além da possibilidade de evitar custos com instrumentos de medição em instalações onde não há tarifação prevista, podendo ser um ótimo recurso para identificar vazamentos na linha de distribuição.

Links relevantes

O AUTOR
 
Rodrigo Teixeira
Gerente do segmento de água e saneamento da ABB Motion Brasil
Siga-nos nas mídias sociais!

Venha conversar com o especialista e compartilhe sua opinião sobre esse post!

LinkedIn YouTube Instagram
  • Contacte-nos

    Submeta o seu inquérito e nós contatá-lo-emos

    Contacte-nos