ABB ajuda a PSY Internacional a evitar potencial catástrofe

O sistema de proteção contra arcos elétricos TVOC-2, da ABB, permitiu que uma empresa de automação industrial evitasse um incêndio, que poderia colocar em risco sua usina, após um incidente de arco em um centro de controle do motor.

Enquanto a ampla gama de sistemas de eletrificação da ABB permite que os fabricantes operem de forma mais eficiente com energia mais confiável, um sistema em particular também ajudou a salvar a vida dos colaboradores. O TVOC-2 arc guardTM da ABB é um sistema de detecção ótica que, juntamente com um disjuntor externo, pode limitar o dano ao pessoal e ao equipamento no caso de um acidente de arco elétrico em um cabo ou interruptor. Essa ocorrência potencialmente perigosa pode inflamar a fiação dentro de um painel elétrico e continuar queimando, conforme a corrente flui da fonte de alimentação ascendente.

O parceiro de canal da ABB, a PSY Internacional (anteriormente PSY Systems) descobriu a verdadeira eficácia da proteção contra arcos durante um acontecimento recente nas instalações de um cliente. A PSY Internacional é reconhecida por seu trabalho na automação industrial e controle de processo para aplicações especializadas em muitos setores. Com sede em Joanesburgo, a PSY fornece serviços em toda a África, no Reino Unido, na Austrália e na Escandinávia. Sua base de clientes inclui negócios em setores como ferro e aço, alimentos e bebidas, moagem e açúcar, fabricação, produtos químicos, água e resíduos.

Recentemente, apenas duas semanas depois de instalar um centro de controle do motor (MCC, na sigla em inglês) e uma proteção contra arcos na instalação de um cliente, os engenheiros no local encontraram um arco de cabo inesperado. “Esse acontecimento descontrolado poderia ter destruído o painel e, ainda mais desastrosamente, poderia ter colocado a usina inteira em risco de um incêndio elétrico”, disse Elvis Khumalo, especialista de marketing de produtos de baixa voltagem da ABB na África do Sul. “Mesmo se o dano fosse confinado somente ao MCC, o sistema inteiro teria que ter sido fechado até que pudesse ser substituído, um processo que poderia levar até seis semanas e gerar custos significativos para os clientes em termos de tempo de inatividade, bem como de conserto de equipamentos e substituição”.

Felizmente, a tecnologia ABB impediu que qualquer dessas consequências devastadoras acontecesse. O sistema de proteção contra arcos desligou a principal fonte de alimentação em 50 milissegundos, evitando qualquer dano ao painel. A proteção contra arcos conseguiu prevenir um desastre, pois se baseia em sensores de fibra ótica não blindados – 16 neste caso – para detectar a luz intensa criada por um arco em desenvolvimento em qualquer lugar do painel. Uma vez que um arco iminente foi reconhecido pelos sensores da proteção contra arcos, a bobina de disparo conectada da unidade forneceu um tempo de reação de milissegundos para desligar o sistema.

A proteção contra arcos da ABB incorpora uma unidade central que pode ser usada em uma configuração autônoma ou ligada a outros módulos principais e de extensão. Duas saídas de transistores bipolares de porta isolada de alta velocidade enviam o sinal para o disparo do interruptor. O sistema também inclui uma saída de relé de carga pesada que pode ser usada para proteção contra falha do interruptor ou como uma saída de alarme.

A proteção contra arcos interrompeu o surgimento do incidente de arco no local do cliente da PSY antes que pudesse causar qualquer dano. “Foi uma sorte para o cliente ter o sistema de proteção contra arcos instalado”, disse Paul Young, diretor-gerente da PSY Internacional. “Esse incidente particular poderia ter resultado em ferimentos graves ou até mesmo mortes. Além disso, poderia ter custado ao cliente 500.000 dólares sul-americanos por um novo painel de MCC, bem como perdas na produção devido ao desligamento. Com uma proteção de arco instalada, os trabalhadores mantiveram-se seguros e tudo o que foi necessário foi uma limpeza do painel”.

O sucesso da proteção contra arcos nesse incidente reforça o compromisso da PSY Internacional com a tecnologia ABB que fornece soluções de controle de processo e de segurança de máquina para um amplo espectro de setores, com base nos sistemas avançados da ABB.

“A segurança vem sempre em primeiro lugar na ABB”, continuou Khumalo, “uma proteção contra arcos é projetada para ajudar os fabricantes a levar adiante sua própria dedicação à segurança em suas usinas e em suas instalações de clientes”.

ABB (ABBN: SIX Swiss Ex) é um líder tecnológico pioneiro em produtos de eletrificação, robótica e movimento, automação industrial e redes energéticas, com clientes globais de serviços públicos, indústria, transportes e infraestruturas. Continuando uma história de inovação com mais de 130 anos, a ABB está a escrever hoje o futuro da digitalização industrial com duas proposições de valor claro: transportar energia desde qualquer central para qualquer tomada e automatizar indústrias desde a gestão de recursos naturais até à entrega do produto final. Como patrocinadora oficial da fórmula E, a competição internacional de automobilismo FIA totalmente elétrica, a ABB está a desafiar os limites da mobilidade elétrica contribuindo para um futuro sustentável. A ABB opera em mais de 100 países com cerca de 135.000 empregados. www.abb.com

1/3

Share this article

Facebook LinkedIn Twitter