Viaje ao topo da Europa, com os motores e drives ABB

Viaje ao topo da Europa, com os motores e drives ABB

A região de Jungfrau, na Suíça, possui dois novos cabeamentos para proporcionar uma viagem em teleféricos rápidos e confortáveis, através das montanhas. Os motores e drives ABB garantem segurança e confiabilidade, além de economizar energia.

O Teleférico Expresso nas regiões de Männlichen e Eiger, transportam esquiadores e turistas aos seus destinos, muito mais rápido do que antes. O sistema Männlichen ajuda a cortar caminho entre as pistas de esqui e de caminhada, que eram percorridas por 30 minutos em média, e agora é possível percorre-las em apenas 19 minutos, em média. Já em Eiger, é possível realizar o trajeto até a famosa geleira da região, em apenas 15 minutos. Ambos teleféricos possuem seis quilômetros de extensão, e começam a partir de um novo terminal em Grindewald, que oferece conexão direta com a ferrovia local. Visitantes que chegam de trem e vão direto ao teleférico expresso de Eiger podem economizar até 47 minutos de viagem.

“Para nosso cliente final, a Ferrovia Jungfrau, a prioridade para os teleféricos é ter o máximo de disponibilidade e durabilidade. Nós decidimos usar os motores e drives ABB por sabermos da qualidade dos produtos e pela marca ser uma parceira de confiança,” diz Raphael Reinle, Coordenador de Projetos da Garaventa AG, a unidade suíça do grupo Doppelmayr/Garaventa que desenvolveu os teleféricos. Frey AG Stans, uma subsidiária do grupo, foi responsável por implementar o controle elétrico e integrar a solução de inversores ABB.

  • Teleféricos levam apenas 15 minutos para alcançar a estação glacial Eiger
  • que está localizada a 2328 metros acima do nível do mar.
  • Motores ABB instalados em dois pares atrás e em frente ao redutor.

Desenhado para segurança, durabilidade e eficiência

O teleférico Männlichen utiliza dois motores de 800kW, enquanto o expresso Eiger é suportado por quatro motores de 500kW, todos controlados por seis drives regenerativos. Para aumentar a segurança e durabilidade, o expresso Eiger possui um sistema de motor tandem duplo com quatro motores acoplados em uma única caixa de marcha. Um sistema de compartilhamento de carga com funções mestre/seguidor garante que todos os motores sejam carregados de da mesma maneira. Se necessário, o expresso Eiger pode operar em capacidade máxima usando três motores.

Os drives regenerativos ABB também são usados para acelerar e frear os teleféricos nas estações das montanhas e do vale. Operação regenerativa significa que os motores funcionam como geradores na frenagem. A energia recuperada alimenta a rede elétrica do veículo, impulsionando a eficiência de energia geral do sistema. Em torno de 2.5kWh em energia é recuperada durante cada ciclo dos 44 teleféricos do expresso Eiger. Essa energia salva naturalmente ajuda a reduzir contas de energia, além de cortar a emissão de dióxido de carbono.

Turistas alcançando o topo do expresso Eiger continuam uma jornada espetacular pela ferrovia Jungfrau para atingir “o topo da Europa”, a mais alta estação de trem do continente a 3454 metros acima do nível do mar. Os trens são equipados com energia eficiente e compacta do sistema de tração ABB, habilitando energia para ser recuperada durante o sistema de frenagem, e alimentar a rede ferroviária. Três viagens para descer o pico é o suficiente para abastecer uma viagem para subir. Com sistemas de freio convencionais, essa energia poderia simplesmente ser perdida como calor.

“A ABB tem uma conexão muito especial com a ferrovia Jungfrau,” diz Aleksandar Velimirovic, Engenheiro de Vendas da ABB Suíça. “A percursora da ABB, a Brown Boveri & Co, eletrificou a ferrovia original quando foi construída no início do século XX. Agora – mais de 100 anos depois – nossa tecnologia continua a energizar a linha, ajudando a abastecer trens e impulsionar a eficiência. Nós temos orgulho de ter um longo envolvimento com a ferrovia, e agora com o incrível V-Cableway.”

Terminal Grindewald, o ponto de início para ambos teleféricos (© Jungfrau Railways)
Terminal Grindewald, o ponto de início para ambos teleféricos (© Jungfrau Railways)

Impacto positivo na economia local:

V-Cableway é o nome do projeto em geral que cobre os recentes investimentos nos teleféricos expressos em Männlichen e Eiger, o terminal Grindewald, a nova frota de trens para Jungfrau e duas novas ferrovias locais. A construção começou na metade de 2018 e foi finalizada em 2020, com o custo total de CHF 470 milhões (ou US$499 milhões).

O investimento fornece aos visitantes, grande conforto e conveniência, com menos tempo em traslado e tempo de espera. Isso fará a região de Grindewald ainda mais atraente, aumentando o número de visitantes, impulsionando a economia local e ajudando a gerar emprego. Os efeitos positivos garantem que a região de Jungfrau mantenha sua posição no topo dos destinos turísticos da Europa.

Links

Fale com a gente

Downloads

Compartilhe este artigo

Facebook LinkedIn Twitter WhatsApp