Fábrica de embalagens de alimentos refinados utiliza robôs colaborativos da ABB para se manter à frente da concorrência

Uma fábrica de embalagens de alimentos e lanches no Vietnã está usando o robô colaborativo GoFa™ da ABB para maximizar a produção, protegendo a equipe e mantendo-se competitiva.

Resumo

A aplicação:
Aplicação ‘pick and place’ para carregar sacos de nozes em caixas de papelão

O desafio
Retirar sacos de produtos da linha de empacotamento e carregá-los em caixas de forma rápida e automática, evitando lesões aos funcionários  

A solução
O cobot GoFa™ da ABB carrega 1kg de nozes ensacadas em uma caixa. Trabalhando ao lado dos funcionários, eles acompanham a velocidade da linha de empacotamento, ao mesmo tempo em que garantem que os funcionários evitam levantar pesos.

Uma fábrica de embalagens de alimentos finos no Vietnã está usando o novo robô colaborativo GoFa™ da ABB para atender à crescente demanda por suas castanhas de caju, proteger seus funcionários e fazer melhor uso do tempo e das habilidades de seus funcionários. Na fábrica de Dan D Pak, na província de Binh Duong, o cobot GoFa da ABB coloca nozes ensacadas em caixas de papelão, trabalhando direto para atender à crescente demanda por seus produtos de clientes internacionais.

Uma das principais motivações para olhar para a automação robótica foi proteger a saúde e a segurança do pessoal. O proprietário da Dan D Pak, Sr. Dan On, diz: “Os robôs são precisos em centenas de sacos de nozes. Existem 70 caixas em uma pilha, cada uma pesando 11 kg. Se você conseguisse que as pessoas fizessem isso camada por camada, um humano não seria capaz de fazê-lo com tanta precisão. O trabalho é muito intenso por um longo período de tempo e há risco de lesões”.

A empresa também optou pela automação, pois os custos de mão de obra no Vietnã estão aumentando. “A pandemia provou que a automação é a única resposta se você realmente deseja sustentar a produção e ser competitivo no setor”, diz o Sr. Dan.

A empresa procurou a ABB para uma solução robótica. Como não havia espaço na fábrica para um robô industrial convencional, a ABB recomendou seu cobot GoFa. Projetado para trabalhar com segurança ao lado de pessoas que movimentam cargas de até 5kg, não precisa de barreiras de segurança e portões que ocupam espaço.

Atendendo o aumento da produção

Embora a empresa tenha usado robôs ABB FlexPicker em suas fábricas no Vietnã, Estados Unidos e Canadá, esta é sua primeira experiência de uso de robôs colaborativos.

“Inicialmente, trabalhávamos a uma velocidade de embalagem definida de 22 sacos por minuto, com cada saco pesando pouco menos de um quilo”, diz o Sr. Dan. “Pouco antes da entrega do GoFa, atualizamos nosso equipamento de embalagem para adotar uma balança e uma ensacadeira muito mais rápidas, o que nos dá uma capacidade de 35 a 36 sacos por minuto. Percebemos que havia a necessidade de uma segunda unidade para corresponder a essa alta velocidade.”

Uma garra de sucção é usada para pegar duas sacolas por vez e colocá-las em caixas de papelão, com cada carga pesando 2 kg. Quando o trabalho era feito manualmente, os trabalhadores só podiam pegar uma sacola por vez. Um trabalhador podia coletar 18 sacolas por minuto – quando a linha foi atualizada com uma ensacadora mais rápida, eram necessárias duas pessoas para atender à demanda. Agora o GoFa lida com essas tarefas, permitindo que os trabalhadores realizem outras atividades.

“Além de nos ajudar a atingir nossas metas de produtividade, o GoFa também é muito flexível, sendo capaz de manobrar e virar com facilidade. Ele também pode ser facilmente movido para outras posições na fábrica, se necessário”, diz o Sr. Dan.

“O GoFa também pode lidar com a alteração do produto – é rápido de configurar e tem a capacidade de suportar mais produtos no futuro.”

A empresa está satisfeita com o suporte que recebeu da ABB. “Os engenheiros da ABB têm entusiasmo e compartilharam vasto conhecimento”, diz o Sr. Tri Ho Quang, gerente da fábrica da Dan On. “Espero que tenhamos mais possibilidades de envolvimento com a ABB, com projetos adicionais para parceria.”

Cobots dão vantagem competitiva

Um dos principais benefícios dos cobots da ABB é a capacidade manter a produção 24 horas por dia, 7 dias por semana, sem correr o risco de sobrecarregar a equipe da empresa. O uso dos robôs também permitiu que a equipe fosse treinada para ser multiqualificada e trabalhar em qualquer lugar da fábrica em várias tarefas.

“Nosso pessoal é bem treinado para receber um bom salário sem trabalhar muitas horas”, diz o Sr. Dan. “Nós proporcionamos treinamento aos funcionários sobre como operar um robô e usar a tecnologia para que eles se tornem operadores profissionais.”

Os concorrentes usam muito mais pessoas, aumentando os custos. “Usar as tecnologias mais recentes para ajudar nosso pessoal a ser mais produtivo nos permite maximizar nossa competitividade”, diz o Sr. Dan. “O GoFa funciona bem com as pessoas, então nossa equipe o apoia e pede mais robôs. Acabamos de construir uma fábrica totalmente nova e não vemos a hora de ver mais automação.”

A empresa quer usar robôs para tarefas como logística, sistemas automatizados de estantes e gerenciamento de estoque. “Em seis meses, faremos o controle de estoque por meio de robôs, o que ajudará a liberar uma dezena de funcionários para outras tarefas na fábrica”, acrescenta o Sr. Dan. “O uso dos robôs também deu oportunidade para que os funcionários desenvolvessem suas habilidades, permitindo que aprendessem a programá-los e operá-los.”

Links

Fale com a gente

Downloads

Compartilhe este artigo

Facebook LinkedIn Twitter WhatsApp