Primetals Technologies e ABB vão equipar projeto de aço verde à hidrogênio de siderúrgica alemã

Primetals Technologies e ABB vão equipar projeto de aço verde à hidrogênio de siderúrgica alemã

  • Linha de aço à carvão da siderúrgica Salzgitter será convertida para produção a hidrogênio pela Primetals e pela ABB
  • ABB ArcSave®, misturador eletromagnético da empresa, vai equipar nova linha
  • Equipamento vai ajudar siderúrgica a melhorar produtividade e a utilização de recursos, reduzindo custos e emissões de carbono

A ABB vai fornecer um misturador eletromagnético do modelo ABB ArcSave® para a Salzgitter Flachstahl GmbH, hoje uma das maiores siderúrgicas alemãs. O misturador vai equipar uma nova linha de fundição de arco elétrico a ser entregue pela Primetals Technologies, num projeto que visa converter altos-fornos da siderúrgica hoje operados a carvão para produção à base de hidrogênio.  

A meta da Salzgitter é converter sua planta na cidade de mesmo nome, na Baixa Saxônia alemã, para produção de baixo carbono até 2033 com a troca de três altos-fornos a carvão e duas unidades de redução por linhas a hidrogênio. A expectativa da empresa é reduzir emissões de CO₂ em 95 por cento, em linha com os mais recentes relatórios da Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês), que elencam o hidrogênio e os combustíveis a base do gás entre as opções mais viáveis para os setores de difícil descarbonização, pela dificuldade de substituição da energia fóssil, como a indústria de base e o transporte de longa distância. 

Para viabilizar o projeto, a Salzgitter firmou contrato com a fabricante de equipamentos de fundição Primetals, que prevê a entrega inicial de um alto-forno de arco-elétrico de 220 toneladas e capacidade produtiva anual de 1,9 milhão de toneladas de aço. O equipamento é uma das estrelas do portfólio da empresa, com baixo tempo tap-to-tap, operação automatizada e sistemas de controle avançados. O ABB ArcSave vai otimizar as condições metalúrgicas da fundição de arco-elétrico, com mais produtividade, menos custo e uso mais eficiente de insumos, inclusive de energia elétrica. 

  • ArcSave eletromagnético homogeneiza rapidamente a distribuição de temperatura e a composição química no EAF fundido, enquanto acelera a fusão de sucata e ferroligas. Imagem ABB
  • As siderúrgicas que estão em transição do alto-forno para a produção de aço em forno elétrico a arco podem melhorar a produtividade e a eficiência de recursos com o ArcSave. Imagem AdobeStock

“Com este projeto de baixo carbono, nos tornamos pioneiros na descarbonização do aço”, afirmou Ulrich Grethe, diretor de produção da Salzgitter. “Com a fundição de arco-elétrico da Primetals, vamos contar com uma tecnologia consolidada e otimizada pelos misturadores eletromagnéticos da ABB.” 

O ABB ArcSave é uma tecnologia de mistura de metais provada, única e patenteada para aprimorar condições metalúrgicas em operações otimizadas de arco-elétrico. Presente em mais de 165 fundições pelo mundo, o ArcSave vem contribuindo com a redução da pegada de carbono em plantas novas e já existentes. O comissionamento deve ocorrer até 2025.  

“Para muitas siderúrgicas, eficiência energética e uso racional de recursos passam pela mudança para fundições de arco-elétrico, que têm menor impacto ambiental em relação à fundição a carvão”, afirmou Zaeim Mehraban, diretor global de vendas da ABB Metallurgy. “O ArcSave permite operações de fundição mais seguras e eficientes, em linha com objetivos de sustentabilidade e financeiros. É gratificante apoiar um dos maiores fabricantes de equipamentos siderúrgicos do mundo num projeto que visa reduzir emissões associadas ao aço”. 

Sem exigir contato com o fundo da fundição, o ArcSave mistura sucata ou ferroliga derretidos de forma mais eficiente em relação à métodos convencionais de produção, ao permitir menor estratificação do metal via convecção forçada, maior homogeneização da temperatura e da composição química do aço finalizado e, ainda, tudo de forma mais rápida.  

O ArcSave também costuma melhorar o rendimento em pelo menos um por cento, além de elevar a produtividade entre cinco e sete por cento. A solução também reduz o consumo de energia elétrica entre três e cinco por cento, assim como a demanda por aditivos de ligas ferrosas e calcário no processo, assim como o uso de eletrodos necessários à produção.  

A Salzgitter tem uma capacidade anual de sete milhões de toneladas de aço cru. A empresa emprega 25 mil trabalhadores em suas 150 subsidiárias e demais empresas do grupo em todo o mundo.  

ABB’s Process Automation é líder em automação, eletrificação e digitalização para processos e indústrias híbridas. Oferecemos um amplo portfólio de produtos, sistemas e soluções ponta a ponta, incluindo nosso sistema de controle distribuído (DCS) número 1 do mercado, softwares, produtos para nichos industriais específicos e sistemas de instrumentação e analítica. Como uma das principais empresas do mercado global, desenvolvemos com base em profundo conhecimento e expertise, time diversificado e presença global, e somos dedicados a ajudar nossos clientes a impulsionar sua competitividade, aumentando seu retorno e possibilitando uma operação segura, inteligente e sustentável. go.abb/processautomation

A ABB é líder em tecnologias de eletrificação e automação, contribuindo para um futuro mais sustentável e eficiente. As soluções oferecidas pela empresa conectam know-how de engenharia e software para otimizar a forma pela qual as coisas são fabricadas, movidas, energizadas e operadas. Com base em mais de 130 anos de excelência, os cerca de 105.000 empregados da ABB estão comprometidos em impulsionar inovações que aceleram a transformação industrial.

Links

Fale com a gente

Downloads

Compartilhe este artigo

Facebook LinkedIn Twitter WhatsApp