ABB lança conceito de robô móvel de laboratório para o Hospital do Futuro

  • O robô móvel e autônomo de laboratório YuMi® será projetado para trabalhar ao lado de equipes médica e de laboratório
  • Novas tecnologias de robótica serão desenvolvidas no primeiro centro global de pesquisa em saúde da ABB no Texas Medical Center (TMC) Innovation Institute, em Houston
  • Estima-se que o mercado global atinja cerca de 60 mil robôs médicos não cirúrgicos até 2025, quase quatro vezes maior se comparado a 2018

A ABB inaugurou hoje seu primeiro hub global de pesquisa em saúde no campus do Texas Medical Center (TMC), em Houston, Texas, apresentando uma série de tecnologias conceituais, incluindo o robô móvel e autônomo YuMi®, que será projetado para auxiliar equipes médica e de laboratório, executando tarefas de laboratório e de logística em hospitais.

O YuMi® móvel de dois braços será capaz de detectar e navegar ao redor de seus colegas humanos de forma autônoma, enquanto aprende a encontrar rotas diferentes de um local para outro. Ele tem o potencial de realizar uma ampla gama de atividades repetitivas e demoradas, incluindo a preparação de medicamentos, centrifugas de carga e descarga, pipetagem e manuseio de líquidos e coleta e triagem de tubos de ensaio.

O YuMi® móvel também pode ser usado em hospitais para uma ampla variedade de funções de logística. O YuMi® pode dispensar medicamentos, transportá-los para onde são necessários nos hospitais, levar suprimentos médicos para a equipe do hospital e roupas de cama diretamente para os quartos dos pacientes.

No TMC Innovation Institute, a ABB desenvolverá robôs capazes de executar processos repetitivos, delicados e triviais, deixando a equipe médica e de laboratório altamente qualificada livre para assumir funções mais nobres e, consequentemente, se dedicar mais aos pacientes. Um levantamento da ABB mostra que tarefas repetitivas podem ser concluídas até 50% mais rapidamente com a automação, em comparação com os processos manuais atuais, com o benefício adicional de que os robôs podem trabalhar 24 horas por dia, sete dias por semana.

“O setor de saúde está passando por uma transformação significativa à medida que o diagnóstico e o tratamento de doenças avançam, enquanto enfrenta o envelhecimento da população, aumento de custos e a crescente escassez mundial de equipes médicas. Com nosso novo centro de pesquisa e desenvolvimento em saúde no TMC, nosso objetivo é desenvolver respostas para esses desafios - juntamente com as melhores mentes da academia, ciência e medicina”, disse Sami Atiya, presidente do negócio Robotics & Discrete Automation da ABB. “Nossa experiência em robótica industrial e colaborativa nos dará uma base sólida para poder adaptar a automação flexível ao setor de saúde. Juntamente com nossos parceiros do TMC, desenvolveremos soluções com tecnologia de ponta em robótica. Estamos trabalhando para reduzir o número de procedimentos manuais executados pela equipe médica, melhorar a precisão do trabalho de laboratório e aumentar a satisfação e, fundamentalmente, a segurança do paciente.”

Outras tecnologias apresentadas pela ABB no Centro de Pesquisa em Saúde incluem robôs YuMi® que podem ajudar nos sistemas de tratamento de tubos e de testes de centrifugação, e um robô IRB 1200 que pode executar transferências de líquidos em um aplicativo de pipetagem. Todas são tarefas triviais de um laboratório médico que a automação robótica pode apoiar, combinando desempenho consistente com um nível de flexibilidade e operação contínua que podem aumentar o rendimento e a qualidade, minimizando custos.

O TMC é a maior cidade médica do mundo, com recursos de pesquisa de classe mundial, incluindo algumas das principais empresas e hospitais do globo. O novo centro de saúde da ABB, com 500 m2, será instalado no TMC Innovation Institute, um centro tecnológico de última geração, que promove a medicina colaborativa e tecnologias inovadoras, conectando startups com a academia e com empresas líderes em tecnologia, a fim de acelerar o desenvolvimento e a criação de protótipos médicos inovadores.

“O Texas Medical Center, TMC Innovation, e toda a rede TMC de instituições membros têm o prazer de receber a ABB na sua primeira incursão no espaço da saúde com esta incrível e inédita nova instalação de robótica”, enfatizou Bill McKeon, Presidente e CEO do Texas Medical Center. Ele acrescentou: “O principal objetivo do TMC - a maior cidade médica do mundo - é fazer com que a pesquisa aconteça mais rapidamente e, ao mesmo tempo, cortar custos, a fim de criar soluções mais rápidas e econômicas para pacientes que precisam desesperadamente de tratamento. A mudança da ABB para o coração do campus do Texas Medical Center, com essa instalação de P&D de primeira linha para criação de soluções de robótica na área de saúde, definirá um novo caminho para os avanços da medicina e estabelecerá o TMC como o nexo de um novo tipo de parceria sinérgica que moldará o futuro da saúde para médicos, pesquisadores e pacientes.”

A automação robótica no setor de saúde oferece uma oportunidade significativa para crescimento futuro. De acordo com uma pesquisa interna da ABB, estima-se que o mercado global atinja quase 60 mil robôs médicos não cirúrgicos até 2025, um aumento de quatro vezes em relação a 2018.

Para mais informações, visite www.tmc.edu

Links

Fale com a gente

Downloads

Compartilhe este artigo

Facebook LinkedIn Twitter WhatsApp