ABB recebe e executa projeto pioneiro na Navigator Setúbal

Soluções fiáveis e eficientes de automação e energia para a expansão da produção

A ABB, empresa líder em tecnologia de energia e automação, renovou a parceria com a The Navigator Company com uma encomenda para a atualização dos sistemas ABB Ability 800xA e PMC800. A The Navigator Company é um dos maiores nomes da indústria do papel, produtor integrado de floresta, pasta e papel, tissue e energia.

Indústria da Pasta e Papel
Colocada mundialmente entre as dez primeiras indústrias de transformação e com um posicionamento significativo em Portugal, o fabrico de pasta e papel é uma área complexa que envolve muitos níveis de processamento e diferentes produtos.

Com mais de 50 anos de experiência e com uma posição de grande relevo no mercado internacional de pasta e papel, a The Navigator Company posiciona-se entre os cinco maiores produtores de papéis finos não revestidos da Europa. É também o maior produtor europeu e um dos maiores a nível mundial de pasta branca de eucalipto.

A estrutura produtiva do Grupo assenta em quatro localizações, respetivamente Setúbal, Figueira da Foz, Aveiro e Vila-Velha-de-Rodão. O âmbito da ABB neste projeto recai sobre o novo acionamento da PM3 (paper machine nº 3) da Fábrica de Pasta de Setúbal, uma das mais importantes da Europa com capacidade para produzir cerca de 550 mil toneladas (produção global do site Navigator Setúbal) por ano de pasta branqueada de eucalipto. Como parte do projeto foi atualizado o sistema de controlo ABB Ability 800xA (já existente nas instalações), bem como o sistema PMC800 para controlo de máquinas de papel.

O PMC800 fornece uma combinação de software e hardware que ajuda a alcançar os mais altos níveis de desempenho. A ABB projetou as aplicações de software do PMC800 para o sistema ABB Ability 800xA de forma a que se adaptem aos diferentes tipos de máquinas que atualmente operam nas fábricas de papel e celulose, possibilitando controlos comuns ao nível de cada secção da máquina, uma interface do usuário acessível, lógicas de controlo para os Drives em diferentes modos de execução, aumento da velocidade, controlo da tensão de esticamento da folha, etc.

Desenvolvido especificamente para o controlo de máquinas de papel, assegura as necessidades especificas do sistema de acionamento da mesma e dispõe de características de aplicação de controlo, individualizada por drive, secção da máquina, e/ou tipo de máquina, bem como o controlo comum para toda a máquina, permitindo um suporte continuado e a longo prazo para a correta evolução de acionamento de máquinas de papel.

Projeto pioneiro
O motor M3LP 400, um motor standard marítimo refrigerado a água, foi originalmente construído para os navios de grande porte, e posteriormente adaptado para aplicações gerais da indústria, como a mineira, transformadora e de tratamento de água e esgoto.

É uma solução compacta para motores de grande potência e possui um nível de ruído e temperatura de funcionamento mais baixa do que motores similares no mercado, é capaz de garantir segurança e fiabilidade mais elevadas em espaços limitados e em condições de funcionamento extremas por exemplo em navios, caves e minas.

O projeto da ABB na Navigator Setúbal foi o primeiro projeto em Portugal, e um dos primeiros na Indústria da Pasta e Papel, em que se utilizaram os motores ABB M3LP, usados no acionamento da máquina de papel, PM3, que recentemente foi alvo de uma alteração para possibilitar o uso de maiores gramagens.

O objetivo dos produtores de papel é produzir um produto dentro de determinadas especificações com o menor custo possível, e o teste normalizado do papel é uma das formas de atingir esse objetivo. Como parte da encomenda a ABB forneceu também vários equipamentos (ABB Lorentzen & Wettre) para o laboratório de controlo, de forma a controlar a qualidade do mesmo.

The Navigator Company
Com quatro unidades industriais em Portugal e uma capacidade anual instalada de 1,6 milhões de toneladas de papel, de 1,5 milhões de toneladas de pasta de papel e de 2,5 TWh/ano de energia eléctrica, a The Navigator Company é o primeiro produtor nacional de energia verde a partir de biomassa. Mais de 50% da energia produzida em Portugal, a partir desta fonte renovável, é gerada pela The Navigator Company.

Partilhe este artigo

Facebook LinkedIn Twitter WhatsApp