ABB apresenta um novo programa global de licença parental neutra em termos de género

ABB apresenta um novo programa global de licença parental neutra em termos de género

Como parte dos seus esforços para promover uma cultura mais diversa e inclusiva, a ABB lançará um programa de licença parental global neutro em termos de género, concedendo 12 semanas de licença remunerada para cuidadores primários e 4 semanas para cuidadores secundários para toda a organização global.

A ABB apresentará o novo programa com o objetivo de apoiar as famílias, dando a cada pai a oportunidade de passar mais tempo com seus filhos recém-nascidos e equilibrar a carreira com as responsabilidades familiares. Todos os colaboradores do Grupo ABB sob o programa que vão ter um filho, cuja parceira vai ter um filho, ou que adota uma criança ou se torna pai por meio de barriga de aluguer, tem direito à licença parental remunerada.

O programa global de licença parental faz parte da “Estratégia Global de Diversidade e Inclusão 2030” da ABB, lançada no outono de 2020. A estratégia de D&I define claramente os esforços da ABB para garantir a inclusão e tratamento igual para todos, independentemente do género, idade, origem étnica, orientação sexual etc.

“Construir e promover uma cultura de diversidade e inclusão é uma prioridade para a ABB e representa a fundação para a inovação e melhor tomada de decisão”, disse Carolina Granat, Diretora de Recursos Humanos. “Na ABB, apoiamos a igualdade e a diversidade de género e entendemos que cada família é única. A licença parental global será aplicada no Grupo ABB para apoiar os nossos colaboradores como novos pais. Ajudando assim a proporcionar às crianças um início de vida saudável e também apoiando o bem-estar dos pais que trabalham.”

Cada colaborador, que recebe a responsabilidade principal e contínua de cuidar do recém-nascido ou filho menor recém-adotado com menos de 3 anos de idade, terá direito a 12 semanas de licença remunerada após o nascimento ou adoção. Cada cuidador secundário terá direito a 4 semanas de licença parental remunerada. A licença pode ser gozada a qualquer momento durante o primeiro ano do nascimento ou adoção do bebé. No final da licença parental, é garantido ao trabalhador o direito de regressar à mesma função ou, se isso não for razoavelmente praticável, a uma função semelhante que tenha a mesmo ou melhor categoria, termos e condições que a anterior.

O programa global de licença parental entrará em vigor a 1 de janeiro de 2022, com a implementação base país a país sob a liderança da administração local, sujeito às leis e regulamentos locais e qualquer envolvimento prévio necessário de representantes dos colaboradores. O cronograma exato da implantação em cada país dependerá das circunstâncias locais. Caso a legislação local seja mais generosa do que os benefícios definidos pela ABB, aplica-se a legislação local.

Como parte da nossa estratégia de sustentabilidade para 2030, estamos comprometidos em impulsionar o progresso social, juntamente com os nossos fornecedores nas nossas comunidades. Na ABB, estamos a criar ambientes de trabalho seguros, justos, equitativos e inclusivos nos quais os nossos colaboradores se podem desenvolver e ter sucesso. Temos uma estrutura abrangente de diversidade e inclusão e, em 2030, duplicaremos o número de mulheres em cargos de gestão superior para 25%.

ABB (ABBN: SIX Swiss Ex) é uma empresa global líder em engenharia que energiza a transformação da sociedade e da indústria para alcançar um futuro mais produtivo e sustentável. Ao conectar software ao seu portfólio de eletrificação, robótica, automação e sistemas de acionamento, a ABB ultrapassa os limites da tecnologia para elevar o desempenho a novos níveis. Com uma história de excelência que remonta a mais de 130 anos, o sucesso da ABB é impulsionado pelo talento de cerca de 105.000 funcionários em mais de 100 países.

Links

Contacte-nos

Transferências

Partilhe este artigo

Facebook LinkedIn Twitter WhatsApp