Aumentando a disponibilidade do seu processo através de soluções de automação redundantes

Aumentando a disponibilidade do seu processo através de soluções de automação redundantes

Quando o assunto são máquinas e equipamentos essenciais, um ponto que está sempre em pauta é como aumentar a disponibilidade do equipamento. Muitos processos necessitam de uma disponibilidade muito alta e poucos minutos parados pode resultar em perdas financeiras enormes. Pensar em soluções de controle e automação redundantes na linha principal, é algo muito comum, principalmente na indústria de papel e celulose, onde as linhas de produção costumam ser controladas por sistemas SDCD com sistema de supervisão dedicado ou não, porém sempre em característica redundante de CPU e servidores, proporcionando um alto nível de disponibilidade.

Todavia, quando se olha para as utilidades, estação de tratamento de água, caldeiras auxiliares etc., é comum se aplicar PLC’s simples para esses processos. O que acaba se tornando um ponto passível de falha, gerando queda na disponibilidade, uma vez que sem um desses processos auxiliares, não vai importar o controlador principal ser redundante e estar integro. Mesmo assim irá ser gerada uma quebra de produção.

As equipes de manutenção têm por procedimento padrão ter peças de reposição, para uma intervenção rápida em uma situação de falha. Porém, por mais eficiente que essa manobra ocorra, ela está sujeita a eventos inesperados ou dificuldades em subir uma CPU nova ou atualizações de firmware e software gerando perda de tempo de produção. Por muitas vezes a solução redundante é até desejável porem o custo de CLP com a função redundante ou a complexidade de uma solução como esta acaba sendo um fator impeditivo para a sua utilização.

No portfólio da ABB de PLC, a linha de CPU AC500 disponibiliza um recurso denominado High Availability, que permite a redundância de controladores de forma simples em pequenas CPU’s. É muito indicado a processos auxiliares, que requerem CPU’s com uma capacidade de memória e processamento menos frente as CPU’s; e controladores aplicados nas linhas principais. No entanto, existe uma necessidade de um nível de disponibilidade que fique muito próximo aos 100%, evitando perdas financeiras significativas.

A solução de HA (High Availability) é uma solução de redundância baseada em software, onde duas CPU’s se mantem sincronizadas através de uma porta de rede dedicada entre as duas, e em caso da CPU principal, a secundária assumiu o processamento de forma praticamente instantânea, fazendo com que os periféricos dessa CPU e o mestre do processo acima não perceba a troca e não gere nenhum tipo de interrupção no processo produtivo, gerando assim um aviso de falha ao time de manutenção que terá tempo para atuar e restabelecer a CPU defeituosa e retornar a operação redundante, sem gerar perdas de produção.

Saiba mais sobre nossas soluções que disponibilizam alto disponibilidade de máquinas e processos, no nosso site www.abb.com/plc

Confira nossos artigos relacionados ao mercado tissue:

Links

Fale com a gente

Downloads

Compartilhe este artigo

Facebook LinkedIn Twitter WhatsApp